Páginas

sábado, 18 de fevereiro de 2012

O Homem e o Sátiro (The Man and the Satyr)

O Homem e o Sátiro - Esopo - A Tradução Livre

Um Homem se perdeu em uma floresta numa noite amarga de inverno. Enquanto estava perambulando, um Sátiro veio até ele e, percebendo que estava perdido, prometeu-o um alojamento para a noite e também guiá-lo para fora da floresta pela manhã. 
Enquanto ia para a habitação do Sátiro, o Homem ergueu suas duas mãos até a boca e se manteve assoprando-as.

"Para quê você faz isso?" disse o Sátiro.
"Minhas mãos estão adormecidas com o frio," disse o Homem, "e minha respiração as aquece."
Depois disso, eles chegaram à casa do Sátiro, e logo ele colocou um prato de mingau quente na frente do Homem. Mas quando o Homem levou sua colher à boca e começou a soprá-la, o Sátiro disse "E para quê você faz isso?"
"O mingau está muito quente, e meu sopro vai esfriá-lo."
"Para fora você vai," disse o Sátiro. "Eu não vou ter nada com um homem que pode assoprar quente e frio com a mesma respiração."

O Homem e o Sátiro (The Man and the Satyr) - Esopo - A Tradução Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

atraducaolivre.blogspot.com.br no linkto