Páginas

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Uma canção (A song)

Venha, eu vou tornar o continente indissolúvel;
eu vou fazer a mais esplêndida corrida sobre a qual o sol jamais brilhou;
eu vou criar divinas terras magnéticas,
com o amor dos camaradas,
com o amor perpétuo dos camaradas.
Eu vou semear um companheirismo tão espesso como árvores
ao longo de todos os rios da América,
e ao longo de costas de grandes lagos, e por todas as pradarias;
eu vou construir cidades inseparáveis, com seus braços em volta umas dos pescoços das outras;
pelo amor dos companheiros,
pelo forte amor dos companheiros.

Tudo para você, de mim, ó Democracia, para te servir, ma femme!
Para você! Para você, eu pronuncio essas canções,
no amor dos companheiros,
no imponente amor dos companheiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

atraducaolivre.blogspot.com.br no linkto