Páginas

segunda-feira, 4 de março de 2013

Outro dia (Another day)

Outro dia (Another day) - Charles Bukowski - A Tradução Livre

deprimido e entrando
num restaurante pra comer.
você senta-se à mesa.
a garçonete lhe sorri.
ela é grande. Suas nádegas são muito grandes.
ela irradia gentileza e simpatia.
viva com ela três meses e um homem não terá agonia.
ok, você dará a ela 15% de gorjeta.
você pede um sanduíche de peru e uma 
cerveja.

o homem da mesa em frente à sua
tem olhos azuis aguados e uma 
cabeça igual a de um elefante.
na mesa mais pra lá há três homens
com mãos muito pequenas
e longos pescoços, 
como avestruzes.
eles falam alto da urbanização.
por que, você pensa, eu vim 
pra cá enquanto estou deprimido?
então a garçonete volta com o sanduíche
e pergunta se você vai querer mais
alguma coisa
e você diz a ela, não, não, já está
bom.
então alguém atrás de você ri.
é um riso frívolo, carregado de areia e
de vidro quebrado.

você começa a comer o sanduíche.

é alguma coisa.
é uma pequena, difícil, 
sensível ação.
como compor uma música popular
para fazer alguém de catorze anos
chorar.
você pede outra cerveja.
meu deus, olha aquele cara.
suas mãos vão quase até seus joelhos e ele está
assobiando.
bem, hora de ir.
pegue a conta.
dê a gorjeta.
vá para o caixa.
pague.
pegue um palito de dentes.
vá para fora.
seu carro ainda está lá.
e há três homens com cabeças
e pescoços
como avestruzes, todos entrando em um
carro.
todos têm um palito de dentes e agora
eles estão falando sobre mulheres.
eles se vão primeiro.
eles se vão rapidamente.
eles são melhores, eu acho.
é um dia insuportavelmente quente.
há um alerta de primeiro nível de nevoeiro.
todos os pássaros e plantas estão mortos
ou morrendo.

você liga o carro.

2 comentários:

  1. Cara, que bom poder ler estes poemas (principalmente os do Bucowski) em português. Você está prestando um serviço inestimável a nós que não sabemos (e talvez nem queiramos saber..rs) lhufas de inglês.

    ResponderExcluir

atraducaolivre.blogspot.com.br no linkto